NOTÍCIAS

BRASIL : Anitta pede que Lula legalize as drogas e pastores alertam: ‘Querem afundar o Brasil’

  • 31-12-1969 21:00

  • O pré-candidato do PT à presidência, Lula, recebeu o apoio público da cantora Anitta, que na mesma ocasião pediu que o postulante ao Palácio do Planalto trabalhe para legalizar as drogas caso vença as eleições.

     
     

    Anitta participou de uma live com o rapper Filipe Rett e falou sobre sua visão a respeito do uso de entorpecentes, sugerindo um suposto ganho de arrecadação em tributos, mas sem levar em consideração fatores sociais, como uma provável sobrecarga do Sistema Único de Saúde (SUS) ou aumento de crimes, como furtos e roubos:

    “Sou a favor da legalização das drogas e da maconha, para que as pessoas possam ter empresas legalizadas, que pagam impostos, e que geram empregos. Fazendo a maconha, e gerando empregos, e acabando com essa guerra que só quem ganha é os rico lá, as milícia, os fulano, os beltrano [sic]”, declarou a cantora.

    Em seguida, ela fez uma defesa do rapper com quem conversava: “O povo vai continuar usando do mesmo jeito. Nunca vi Rett vendendo droga para ninguém. Entendeu? Ele fuma maconha, de vez em quando ele vai, faz as coisas dele que não é contra a lei e está tudo certo, e por mim tinha mais é que virar empresa, que paga imposto, ao invés de deixar esse povo rico lavando dinheiro sei lá como”.

     
     

    “Será que o Lula apoia isso, gente? Apoia isso aí, Lula! Pô, estou te dando maior apoião. Apoia essa legalização aí pra nós?”, acrescentou Anitta. O plano de governo apresentado pelo petista em 2018, quando tentava viabilizar sua candidatura, previa a legalização das drogas.

    O jornalista e economista Rodrigo Constantino compartilhou no Twitter, na esteira da repercussão, dados relacionados ao Uruguai, país que legalizou o cultivo e a venda de maconha em 2013:

    “Uruguai, que legalizou a venda de maconha, sofre com onda de violência sem precedentes ligada ao narcotráfico”, escreveu Constantino em um post no Twitter, acompanhado de prints de manchetes da imprensa que reportam a “onda de violência sem precedentes ligada ao narcotráfico”, assim como o aumento em 66% das mortes violentas ligadas ao mercado ilegal de drogas no país, que continua existindo.

    ‘Afundar o Brasil’

    O pastor Rodrigo Mocellin repercutiu a declaração de Anitta associando-a a outras figuras que manifestam apoio ao pré-candidato petista: “Cabos eleitorais do Lula: Anitta, PCC, globais… ou seja, só a galera que ajuda afundar o Brasil”.

     
     

    O pastor e deputado federal Marco Feliciano (PL-SP) também criticou: “Os iguais se juntam. Como uma pessoa que advoga a liberação das drogas não apoiaria um ex-presidiário que acha que quem rouba celular não é bandido? Se merecem!”.

    Já Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), atual presidente da Frente Parlamentar Evangélica, afirmou que o apoio de Anitta ao pré-candidato petista oferece uma amostra grátis do que esperar para o país caso ele vença as eleições: “Ele tenta esconder, mas todo mundo sabe o que esperar do ex-presidiário: um Brasil fadado ao fracasso e à imoralidade”.

     

     

     
    ANÚNCIO

     

     

    FONTE: https://noticias.gospelmais.com.br/

    Fonte: Assessoria de Imprensa